Será que conhecemos todos os benefícios de ser bilíngue?

Quando se trata de educação, os pais estão sempre buscando o que é melhor para seus filhos. E nessa busca por uma educação de qualidade vem aumentando o debate sobre a educação bilíngue, há algum tempo no Brasil. As dúvidas são muitas, bem como as opiniões.

Com o objetivo de abordar os benefícios do bilinguismo e contribuir para que os pais decidam qual o melhor caminho a seguir, escrevo este artigo visando minimizar as dúvidas sobre o momento ideal para inserir seus filhos no aprendizado de um segundo idioma e o que é realmente importante saber quando optam por uma educação bilíngue.

Quando falamos da introdução de um segundo idioma, é preciso lembrar que são vários os benefícios de ser bilíngue hoje em dia. Uma pessoa bilíngue tem acesso a dois sistemas linguísticos ao mesmo tempo e consegue “mudar” de um sistema para outro tranquilamente, o que viabiliza maior interação e comunicação com pessoas, culturas e lugares no mundo.

E se pensarmos a longo prazo, um indivíduo bilíngue é mais valorizado no mercado de trabalho, já que pode entender pontos de vistas diferentes, o que o torna mais tolerante e respeitoso à diversidade entre as pessoas e culturas. Além disso, consegue trabalhar melhor em grupo, tomar decisões mais rapidamente e ser mais focado. O bilinguismo amplia a memória e a flexibilidade cognitiva e desenvolve a criatividade na resolução de problemas e soluções inovadoras, ganhando um pensamento crítico mais elaborado, autocontrole e a disciplina.

Reconhecendo todos esses benefícios e buscando oferecer uma educação ainda mais diferenciada aos alunos, o Colégio Batista Brasileiro, há cerca de dois anos, vem se organizando para oferecer o que há de mais moderno em educação bilíngue.

Desde que nascem as crianças podem ser introduzidas num segundo idioma. Por isso, em nosso Berçário, os bebês (4 meses até 2 anos) têm imersão diária no inglês. Já para os alunos do Ensino Fundamental (até o 5º ano), varia de curso para curso.

No programa bilíngue do CBB são utilizadas duas metodologias de ensino: CLIL (Content and Language Integrated Learning ou Aprendizagem Integrada de Conteúdos e Linguagem), que consiste em ensinar um conteúdo de áreas do conhecimento –matemática, geografia, história, artes, ciências, filosofia etc. – por meio do inglês, ou seja, o segundo idioma é o meio de instrução. Os alunos aprendem o vocabulário e a estrutura da língua que serão usados nos conteúdos.

Outra metodologia é a PBL (sigla em inglês de Project Based Learning ou Aprendizagem Baseada em Projetos). Essa metodologia permite que os alunos desenvolvam a criatividade, o pensamento crítico e o trabalho em grupo a partir de uma grande pergunta que aguça a sua curiosidade em cima da qual eles desenvolvem um projeto. O inglês é a língua de comunicação para a discussão, execução e apresentação do projeto.

Essas metodologias privilegiam os 4 pilares da educação da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), as habilidades e competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e do Quadro Comum Europeu de Referência para a língua inglesa.

Quando a família procura uma educação bilíngue para seus filhos, ela deve estar ciente da diferença entre programa bilíngue e educação bilíngue ou imersão. Programa bilíngue é o aumento de carga horária das aulas de inglês para apresentar alguns conteúdos da área do conhecimento no idioma. Sendo que esses mesmos conteúdos são apresentados e trabalhados em português também. Já a educação bilíngue apresenta o currículo escolar em dois idiomas, e os conteúdos não se repetem e alguns são dados em Português e em Inglês.

Para não errar, na hora de optar por uma escola que se diz bilíngue, a família precisa estar atenta ao tipo de metodologia usada nas aulas, pois muitas escolas dizem que são bilíngues e na verdade só aumentam o conteúdo de estrutura da língua. Nas aulas bilíngues devem estar presentes os conteúdos e o inglês apenas deve ser um meio de instrução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *