Diretor

O esporte como ferramenta de educação

Dr. Gézio Medrado

A prática esportiva proporciona diversos benefícios para as pessoas, não só no aspecto da saúde, mas principalmente para estimular o desenvolvimento cognitivo e social. Estimular a atividade física da criança desde cedo é uma das formas de proporcionar oportunidades de contato social e amadurecimento psíquico também.

Diversos estudiosos indicam que a infância é o período mais adequado para uma pessoa começar a praticar exercícios e adotar atitudes mais saudáveis. E como boa parte do tempo as crianças passam na escola, nada melhor do que incentivar a prática esportiva já no ambiente escolar.

Reconhecendo os benefícios da prática esportiva, o Colégio Batista Brasileiro conta com um Departamento de Esportes atuante, responsável não só por incentivar a prática esportiva, mas principalmente por proporcionar o desenvolvimento de nossos alunos em áreas específicas beneficiadas pelo esporte.

Ao participar de uma atividade física, a criança libera energia acumulada, aumenta a oxigenação no sangue e, consequentemente, leva mais oxigênio para o cérebro — o que potencializa o raciocínio, desenvolve músculos e a flexibilidade, melhora a autoestima e proporciona situações que estimulam a autonomia desde cedo.

A equipe de esportes do CBB é formada por professores que além de apoiar o aluno na prática esportiva, também atuam em parceria com os professores “em sala de aula”, pois entendemos que esporte e educação são complementares.

Os alunos esportistas apresentam melhor desempenho acadêmico em sala de aula, e aqueles que por algum motivo apresentam dificuldade no aprendizado são incentivados pelos colegas de equipe a melhorar e se dedicar mais, pois como em sua maioria os esportes são praticados em equipe, nenhum time pode ficar desfalcado em jogos e eventos decisivos por conta de desempenho abaixo da média em sala de aula.

No currículo do CBB são oferecidas a educação física e outras modalidades esportivas como atividades extracurriculares. A educação física abrange aspectos gerais da atividade física, enquanto nas aulas extracurriculares oferecemos esportes direcionados, como futsal, basquete, handebol, ginástica artística, escolinha de futsal, dança, ballet e judô.

E por falar em judô, o CBB é reconhecido por contar com um dos mais renomados profissionais da área, que orienta os primeiros passos de nossos alunos nesse esporte. Trata-se do Sensei Rioti Uchida, Faixa Preta (6º dan) que está na escola há mais de 30 anos. Em seu currículo constam cerca de 50 títulos, entre eles, Uchida foi quinze vezes campeão mundial de kata (apresentação detalhada de movimentos de golpes). No ano passado, foi o Chefe da Delegação Brasileira de Judô em campeonatos fora do país.

Esse diferencial é valorizado até mesmo por outros colégios, que por reconhecerem a qualidade do Sensei Uchida, convidam os alunos do CBB a participarem de suas competições. A prática do judô, que tem como premissa básica “mínimo esforço com o máximo de eficiência”, ajuda o praticante a ser capaz de usar sua energia física e mental da forma mais eficiente possível, em benefício próprio e, sobretudo, de todos. Além disso, a prática do judô, contribui para a disciplina do aluno em todas as áreas de sua vida.

De forma geral, a melhor fase para começar a atividade física é entre os 4 e 5 anos, quando aqui no CBB a criança começa a praticar ballet, ginástica artística e futsal. Já para quem quer participar de competições, que exigem mais comprometimento, o ideal é começar a partir dos 7 anos de idade, quando são incluídas outras modalidades, como basquete, futebol, vôlei e judô.

Nossos alunos já estão treinando para a Olibatista – as olimpíadas do Colégio Batista Brasileiro, que acontece em setembro. Esse é o maior evento esportivo do CBB e a ocasião em que recebemos de braços abertos alunos atletas de outros colégios.

Além da competição em si, a Olibatista é importante por ser mais um momento de aprendizado, em que os alunos demonstram o respeito ao adversário, se integram e sociabilizam com diversas pessoas e passam a entender o lado positivo da competitividade.

Alguns alunos que deram os primeiros passos no esporte aqui no CBB se destacaram em suas modalidades esportivas. Entre eles o jogador de futebol Kaká e Niccolly Ramalho, ex-aluna que vem atuando na liga estudantil dos EUA. E, recentemente, o aluno da 3ª série do Ensino Médio, da unidade Bauru, João Pedro Ramos do Nascimento, sagrou-se Campeão Estadual Paulista de Judô Sub-18, categoria peso leve.

Esses são só alguns exemplos de como a prática esportiva faz bem em todos os sentidos da vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *